Arquivo | Frases RSS for this section

Dicionário Musical

Um dia me dei conta de que aqui no blog uso muitos vocábulos que podem parecer estranhos e incompreensíveis para muita gente que não é tão apegada à música. Então me veio a ideia de fazer um pequeno dicionário com todos esses termos que é de relevância para melhor compreensão dos meus artigos ou de qualquer outro sobre música.

Eu mesmo, quando era um moleque ainda começando a me interessar por música, confundia muitos termos musicais. Achava que um álbum da Madonna eram fotos que a cantora vendia para os fãs, que balada era a típica música de boates e que quando uma banda assinava com um selo, ela deveria colocar selos de cartas em todos os CDs. Pode parecer absurdo, mas são confusões comuns. Se você também tem alguma dessas dúvidas, não deixe de conferir esse post!

E uma ressalva: os termos que me refiro são sobre a indústria e mercado musical, não sobre as partes técnicas e artística. Se a imagem estiver pequena para ler, basta clicar nelas para ver em um tamanho mais confortável. Se o leitor souber outros termos que deveriam ser incluídos, coloque nos comentários, é sempre muito bem vindo. Bom proveito!

1-dicionario2-dicionario

3-dicionario

4-dicionario5-dicionario6-dicionario7-dicionario8-dicionario

.

Termos no dicionário: Acústico, Álbum, Álbum Conceitual, Balada, Billboard, Concerto, Cover, Compacto simples/duplo, Cachê, Coletânea, Concerto, Dueto, Disco de ouro, disco de platina, disco de diamante, Discografia, Empresário, Ep Estéreo, FIIF, Feat, Gênero, Gravadora, Guitarra Rítmica, guitarra Melódica, Hit, Hot 100, Indie, Interpretação, Lado A, lado B, LP, Mashup, Mixagem, Mono, NME, One Hit Wonder, Paradas, Produtor, Regravação, Remix, Selo, Single, Sintetizador, Solo, Turnê, Top 200.

.

Gostou do post? Então ajude o blog a crescer divulgando!

Compartilhe esse post para seus amigos no FACEBOOK.

Curta a página do Me Dá Um Lá no FACEBOOK.

Frases de Caetano Veloso

Coletânea de frases de Caetano Veloso, um músico de extrema importância para o que é a cultura brasileira hoje. Ao contrário do que quase sempre acontece, o reconhecimento de Caetano é atual, principalmente pelo impacto que o movimento Tropicália causou no país e na conquista da democracia e identidade do povo brasileiro.


– “Sou um subintelectual de miolo mole“.
                                       – auto-avaliação em um de seus poucos momentos de modéstia.


– “Temo que esse projeto venha a ser um sintoma da mania brasileira de não dar certo. Toda essa tradição de sucesso da música popular no Brasil se deu também por causa da parceria com a indústria multinacional. Atacá-la agora, quando ela está mais fraca, é doentio.
                         – sobre regras mais rígidas à indústria cultural a fim de tentar dificultar a burla dos direitos autorais.


– “Vivemos com medo e isso nos leva a apoiar os líderes mais inaceitáveis“.
                         – reflexões sobre política. 

– “Osama Bin Laden é um homem bonito e se parece com algumas pessoas da minha família“.
                             – sobre a estranha semelhança física entre Veloso e Bin Laden. Constratação igualmente estranha.   


De perto ninguém é normal“.
                                    – na música Vaca Profana.


– “O tempo não pára, no entanto, ele nunca envelhece
                         – na letra da música Força Estranha.


– “Bota essa porra pra funcionar direito!
                                      – dando piti com os sérios problemas técnicos que enfrentou em um show produzido pela MTV.


– “Gente é pra brilhar, não pra morrer de fome
                                       – apelo na música Gente.


– “Meu negócio agora é sexo e amizade. Acho esse negócio de amor uma coisa muito chata.
                                        – em fase nada romântica.  

              

Gostou? Compartilhe para seus amigos.

Palavras de Renato Russo

Coletânea de frases de Renato Russo.

– “Agora, as pessoas acham que eu tenho a resposta, mas eu não sei qual é a pergunta.
                                       – sobre sua figura quase messiânica no mundo da música.


– “Eu trabalhava com jornalismo, rádio, era professor de Inglês também e… comecei a trabalhar com 17 anos e tudo, mas só que de repente tocar rock era uma coisa que eu gostava mais de fazer. E como deu certo eu continuo fazendo isso até hoje.
                         – em uma entrevista em 1986. 


– “Rock’n’Roll é uma bobagem, mas é minha vida, meu trabalho
                         – um tanto contraditório. 

– “Eu queria ter uma banda. Consegui ter uma banda. Eu queria ter dinheiro. Consegui ter dinheiro. Tenho meus amigos. Mas sempre tinha alguma coisa me espezinhando e eu sabia o que era.
                             – sobre sua homossexualidade.   


Um dia pretendo tentar descobrir
Porque é mais forte quem sabe mentir
Não quero lembrar que eu minto também
                                    – na música Eu Sei.


– “Mas como chegar até às nuvens com os pés no chão?
                         – na letra da música Eu Era Um Lobisomen Juvenil, criticando os obstáculos dos sonhos.


– “Eu não falo porque quero salvar alguém. Eu falo porque gosto. Quem sou eu para salvar alguém? Eu é que tenho que me salvar!
                                      – sobre sua doença.


– “Eu tirei uma conclusão: se o amor é verdadeiro não há sofrimento
                                       – depois da música Vamos Fazer Um Filme, no lendário show no Rio de Janeiro.


– “Quando chegar aos 50 anos, vou escrever meu livro.
                                        – em uma entrevista que ocorreu no ano de sua morte, aos 36 anos.  


 – “Depois desse trabalho, eu quero descansar
                           – Em outra entrevista ainda no ano de sua morte, em 1996, falando sobre seu último álbum, A Tempestade Ou O Livro Dos Dias. 




              

Poeta Dylan

Coletânea de frases de Bob Dylan.

– “Não sou eu. São as músicas. Eu sou só o carteiro. Eu entrego as músicas”
                                       – sobre seu sucesso.


– “Ouvir Elvis é como escapar da prisão.”
                         – sobre um de seus ídolos. 


– “A democracia não domina o mundo, coloque isso na sua cabeça. O mundo é dominado pela violência, mas eu acho melhor não dizer.”
                         – respondendo sobre o que acha da democracia. 

– “Ninguém é livre: até os pássaros estão acorrentados ao céu.”
                             – sobre liberdade.   


– “Por qualquer motivo, isso nunca aconteceu…
                                         – quando perguntado como é ser Robert Zimmerman (seu nome verdadeiro).


– “Quantos anos pode existir uma montanhaantes que ela seja lavada pelo mar?
                         – na letra da música “Blowin’ in the wind”


– “Não creio que veja que sou verdadeiramente o porta-voz seja do que for…
                                      – desmentindo, irônicamente, ter se dedicado às canções de protesto que virou um ícone do Movimento.


– “Sou  um trovador dos anos 60, um vestígio do folk-rock um criador de palavras dos tempos antigos, estou no inferno do oblívio  cultural… 
                                       – em uma crise existencial em meados dos anos 80.


– “As músicas não podem salvar o mundo.”
                                        – reconhecendo a triste realidade.   


 – “Quando você não tem nada, você não tem nada a perder
                           – em “Like a Rolling Stone”, que fala sobre a decadência de uma madame que agora vive nas ruas. 




              

John e sua lábia



Coletânea de frases do ídolo John Lennon.



– “A genialidade é uma tipo de loucura “
                                       – respondendo sobre como era ser um gênio.




– “Talvez não haja diferença entre nós e o presidente dos EUA se ficarmos nu”
                         – sobre política. 




– “A vida é aquilo que acontece enquanto você faz planos”
                         – em mais uma lição de vida. 



– “Porque quis”

                             – quando perguntado por que cortou o cabelo.   




– “Por que você corta o seu?”
                                         – ironizando o repórter que fez a pergunta acima.




– “Living is easy with eyes closed”
                         – na letra da música “Strawberry Fields Forever”




– “Se todos quisessem a paz ao invés de um aparelho de TV, todos teriam a paz”
                                      – simplificando a paz em mais um discurso pacifista.




– “Eu pensava de verdade que todos nós seríamos salvos pelo amor”
                                       – mostrando sua desilusão.




– “Eu quero dinheiro apenas para ser rico”
                                        – mostrando seu lado capitalista.   




 – “Mãe, você me teve. Mas eu nunca a tive”
                           – em “Mother”, mostrando sua relação turbulenta com sua mãe na infância.