As 10 maiores conspirações no mundo da música

Muita gente gosta de música. Muita gente gosta de polêmica. Muita gente é imaginativa demais. O resultado dessa mistura são as muitas teorias de conspiração e mitos que envolvem ícones do mundo pop, que servem para divertir uns e assustar outros. Juntei aqui os dez mitos mais conhecidos e bizarros. Devo lembrá-los que não levo essas teorias a sério, são muito forçadas e mal embasadas. Eu apenas as reproduzi. Se conhecem alguma outra que não está na lista, deixem nos comentários!

 Keith Richards e a tranfusão de sangue

O guitarrista e compositor do Rolling Stones está envolvido em muitas polêmicas. Uma delas é a de supostamente ter feito uma bizarra transfusão completa de sangue em 1973 para se livrar da imensa quantidade diluída de drogas, o que poderia prejudicá-lo em suas performances na turnê pela Europa. Pelo menos foi isso que o próprio Richards disse a um jornalista.

A lenda, porém, não ganharia essas proporções se ele não desmentisse a afirmação anos depois. Em sua autobiografia Life (2010), ele disse que na verdade passou por uma simples hemodiálise, e ainda completou dizendo que não trocaria seu sangue por nada. Para alguém que admitiu que cheirou as cinzas do seu próprio pai, o que levaria a desmentir esse mito? Para os mais fanáticos e imaginativos, não passava de um pacto satânico.

Veja mais sobre essa conspiração clicando aqui e aqui.

 Stairway to Heaven é mensagem satânica

Com oito minutos de duração, o maior sucesso do Led Zeppelin tem sido alvo de muitas interpretações. Caminho espiritual e encheção de linguiça (apesar da qualidade musical) são interpretações comuns. Mas ainda tem aqueles que viram e reviram a música achando que a verdadeira intenção de Jimmy Page e Robert Plant era propagar a mensagem do Tinhoso (por que tudo para os conspiradores tem que ser satânico?).

É bem verdade que a banda não escondeu influências do bruxo-filósofo inglês Aleister Crowley, mas os conspiradores acham que a música vai além. Para eles, cada simples palavra é uma referência ocultista que não tem nada de angelical, e supostamente há vários trechos que tocado de trás pra frente fala de satã como senhor e que vivem para ele.

Veja mais sobre essa conspiração clicando aqui e aqui.

 Baixista do Kiss implantou uma língua de vaca

Gene Simmons, além de integrante de uma das bandas de rock mais famosas, também é conhecido pelo tamanho descomunal da sua língua. Como toda boa banda de rock tem suas lendas, surgiu uma dizendo que a língua era, na verdade, bovina, e que foi implantada em Gene por um procedimento cirúrgico. Falsa ou não, o baixista dá créditos à sua língua pelo sucesso com as mulheres.

Veja mais sobre essa conspiração clicando aqui e aqui.

 Belchior substituiu Sarney

Uma das teorias mais infundadas. O cantor e ex-ativista político Belchior, que começou a fazer sucesso no país na década de 70, foi dado como sumido em 2009, segundo um documentário da Rede Globo (sempre ela). Entre várias suposições, a mais conspiratória dizia que o cantor havia se disposto a substituir o político José Sarney. Segundo os conspiradores, o então presidente do Senado Federal havia sido sequestrado pela oposição, e para abafar o caso o governo chamou o músico para ser um sósia, o que justificaria pela mínima semelhança.

Algum tempo depois, a esposa de Belchior disse que ele estava no Uruguai viajando e se inspirando em novas composições. Não perdendo o furo de reportagem, o Fantástico o ‘encontrou’ e fez uma entrevista, desmentindo todos os boatos.

Veja mais sobre essa conspiração clicando aqui.

 Pink Floyd + Mágico de Oz

Em um belo dia, alguém com muito tempo livre percebeu que a obra-prima The Dark Side Of The Moon (1973), da banda de rock progressivo Pink Floyd, ficava em impressionante sintonia se fosse tocada junto com o clássico filme O Mágico de Oz (1939). Começaram rumores então de que o efeito havia sido feito intencionalmente, e até deram um nome específico para isso: the dark side of the rainbow (o lado escuro do arco -íris).

Apesar da banda viver afirmando que não passa de mera coincidência, muitos fãs têm insistido que há algo por trás. A sincronia é percebida pelo clima da música em relação às cenas e até pela letra que acaba narrando outras cenas. Os mais fanáticos pela teoria acreditam que há um desafio por trás disso, e que a banda quis dizer alguma coisa que até hoje ninguém sabe o que é.

Veja mais sobre essa conspiração clicando aqui e aqui.

 Clube dos 27

O Clube dos 27, em si, não é uma teoria de conspiração. Na verdade é apenas uma denominação utilizada pela mídia e pelos fãs de música para a estranha coincidência de vários artistas conceituados terem falecido aos 27 anos de idade (Jim Morrison, Jimmy Hendrix, Kurt Cobain, Janis Joplin, entre outros). Alguns, aliás, tiveram uma morte bem misteriosa com pontas soltas. Esse papo veio à tona de novo quando no ano passado a cantora britânica Amy Winehouse morreu, adivinham só, com 27 anos.

A conspiração estaria no fato de que todas essas mortes foram armadas. Uma minoria acredita que o governo estadunidense resolveu apagar os opositores que formam opinião em massa. Objetivamente, me refiro às lendas de um rock de protesto (que incluem o movimento hippie e a contra-cultura) que criticam a sociedade e, especificamente no caso dos hippies, a Guerra do Vietnã. Obviamente essa lógica não se aplica as mortes mais recentes.

Outra vertente diz que a indústria fonográfica mundial é como uma seita satânica ou Illumitati, onde os artistas só fazem sucesso se passarem por uma iniciação e seguirem os moldes dos líderes. Os que se rebelam e se recusam a aceitar esse moldes são mortos como um aviso e de quebra como um sacrifício para o Coisa Ruim.

Veja mais sobre essa conspiração clicando aqui e aqui.

 Mozart e o gnomo

Há uma lenda que reza que o conceituado e genial músico erudito Wolfgang Mozart, que compôs verdadeiras obras-primas como Requiem, não era tão criativo como pensamos. Isso porque ele sempre pedia conselhos para um gnomo que morava com ele, a fim de melhorar suas composições. Segundo o folclore, os gnomos são criaturas mágicas que vivem mais de 600 anos. Com ou sem gnomo, Mozart fez história.

 Xuxa e o ocultismo

Os conspiradores adoram meter ocultismo, sobrenatural e seitas satânicas no meio. Tudo que faz sucesso é demoníaco e tem mensagem satânica se for tocado de trás pra frente. No Brasil, uma das teorias mais famosas e populares é sobre a Rainha dos baixinhos, que supostamente só faz sucesso por ter vendido sua alma. E mais: vem a muito tempo pregando subliminarmente mensagens para seu público alvo, as crianças.

Os teóricos vem a muito tempo juntando ‘material’ que comprovaria essa conversa. Testemunhas, velas, símbolos, músicas, entre outros. No final das contas, a Xuxa é só um exemplo da enorme lista de acusados de participar desses eventos macabros: Lady Gaga, Black Sabbath, Led Zeppelin, Jay-Z, e praticamente todas as bandas de metal são alvos constante de teorias conspiratórias.

Veja mais sobre essa conspiração clicando aqui e aqui.

 Paul McCartney já morreu

Uma das teorias mais pesquisadas é a da suposta morte do ex-Beatle e sua consequente troca por um sósia. Segundo os conspiradores, Paul teria morrido em 1966 em uma acidente de moto. Como a banda ainda era um sucesso, decidiram substituí-lo por um sósia e, assim, continuaram tocando juntos. Apesar da banda sempre negar, os mais crentes descobriram várias pistas nas obras dos Beatles que confirmariam a teoria: trechos de letras, fotos sugestivas e até a frase de John Lennon ‘yes, he’s dead’ (sim, ele está morto) no hit All You Need Is Love.

A teoria diz que já trocaram de ‘atores’ várias vezes, e que o planejado foi um sucesso, pois não foi achado nada concreto. Outros acreditam, porém, que tudo não passam de uma imensa e ainda mais bem sucedida jogada de marketing, pra alavancar o nome da banda na cultura e nas lendas de rock. Teorias parecidas também foram feitas para Bob Dylan e Avril Lavigne.

Veja mais sobre essa conspiração clicando aqui e aqui.

 Elvis não morreu

Com certeza a mais famosa. Supostamente Elvis Presley, nos altos de seus 42 anos, estava cansado do sucesso e do assédio da imprensa, e resolveu forjar sua morte para viver tranquilamente na Argentina. Na época, Elvis já não era tido como o grande ícone atual que produzia obras, mas como uma lenda, uma página virada. Alguns poucos dizem que, na verdade, ele teria fugido de um conflito com mafiosos.

Como ‘provas’, os teóricos apresentam trechos de entrevistas sugestivos, um suposto boneco de cera no caixão e outros mistérios relacionados à autópsia do corpo. Uma teoria parecida foi levantada com a morte de Michael Jackson em 2009.

Veja mais sobre essa conspiração clicando aqui e aqui.

Compartilhe esse post para seus amigos no FACEBOOK.

Curta a página do Me Dá Um Lá no FACEBOOK.

6 responses to “As 10 maiores conspirações no mundo da música”

  1. Bárbara says :

    Curioso.. esse do Paul eu desconhecia haha. Em um outro post você poderia falar dos possíveis shows do Coldplay no Brasil em 2013 😀

  2. James says :

    Fur Elise é de Beethoven não de Mozart!!!!

  3. george says :

    Da banda kiss, ainda faltou dizer a respeito de que pisavam em pitinhos no palco. Já a do Elvis, fizeram um documentário a respeito de que ele havia se transformado em um agente da CIA, depois foi para a Argentina, onde muitos o viram tocar em barzinhos e por último, filmaram ele , de longe, em uma fazenda.

  4. ERON says :

    Esta banda do kiss são de dar arrepios principalmente este baixista Gene Simmons.

  5. suelen says :

    eu so tenho a dizer que temos q nos preparar pois é agora que deus quer VOLTARRRR……..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: